Não é segredo que as plataformas digitais estão cada vez mais abrindo espaço e valorizando conteúdos audiovisuais. Se tornando o favorito dos algoritmos, os vídeos ajudam a identificação e conexão do espectador com o conteúdo que está sendo passado. O Youtube, o IGTV e Reels no Instagram e até mesmo o TikTok mostram a potência que tem um vídeo, podendo alcançar e influenciar milhares de pessoas. Dentro de uma visão de marketing, tal mídia pode ser o ponto de virada para que a sua marca chame mais atenção no mercado. De acordo com a pesquisa The State of Videomarkting, realizada pela Wyzowl em 2021, atualmente, 86% dos negócios usam o videomarketing como uma ferramenta. Portanto, esse serviço deixou de ser algo distante, passando a ser quase uma obrigação para qualquer negócio que deseja crescer no mercado atual. Por isso, juntamos 5 dicas de como você deve usar o audiovisual para se destacar da concorrência!

Dica 1: Entenda quem e o que você quer atingir

Talvez um dos maiores problemas encontrados por videomakers é saber estabelecer bem a finalidade de um vídeo, ou seja, o que você procura atingir e quem é seu público alvo. Se não for traçado qual  o objetivo final, seu vídeo pode ficar perdido, sem ter onde chegar e gerando nenhum impacto. Existem várias formas de conteúdo audiovisual, cada uma delas específicas e com níveis diferentes de engajamento. É muito mais provável que uma propaganda de 2 minutos funcione em uma plataforma como o Youtube, alcançando pessoas mais velhas, do que através de um IGTV no Instagram, objetivando abranger os mais jovens. Na Empresa Júnior PUC-Rio, por exemplo, existem tais diferenciações. Um serviço de vídeo institucional pode funcionar melhor com pessoas mais pacientes e que tenham maior familiaridade com o conteúdo em questão, enquanto o branded content (serviço no qual fala da marca sem necessariamente abordá-la), tem o objetivo de ser mais direto e menos explicativo – consequentemente alterando o público.

Dica 2: Não venda produtos, venda marcas

O que acaba estagnado o marketing de muitos negócios é não saber sair do comum. Claro, jogar seguro e apenas mirar na qualidade de um produto não é uma estratégia necessariamente ruim, e pode sim funcionar. Mas como queremos, aqui, nos destacar da concorrência, existem outros caminhos além do tradicional para nos basearmos. Um fator importante a se considerar é vender o lifestyle de uma marca. Como funciona a cultura de tal negócio, o que faz ele ser minimamente distinto dos outros do mesmo ramo e o que cria a identificação, quando batemos os olhos e identificamos logo de cara aquilo. É uma mistura de expor a experiência que um cliente terá em contato com o empreendimento, ao mesmo tempo que cria uma conexão – como um laço de amizade. Essa característica deixa de lado o fator impessoal de “queremos apenas te vender algo”, para se aproximar de seu público e proporcionar algo muito aquém da simples compra do produto. Ou seja, através do videomarketing, é possível conquistar não só o consumidor de um produto, mas sim o consumidor de uma marca. 

Dica 3: Não esqueça da qualidade

Como diz o velho ditado, a primeira impressão é a que fica. Tal primeira formação de opinião de um contato externo não pode ser negativa, nem muito menos a impossibilitar de voltar a ter contato com o negócio. Por isso, a qualidade de qualquer que seja o vídeo, precisa ser a melhor possível. Imagem 4K, domínio de técnicas de edição, câmeras potentes, drone, etc.,  quanto maior seu investimento na aparência do seu vídeo, maior será sua capacidade de se destacar da concorrência. Uma série de imagens bonitas não é garantia de sucesso, por isso, é importante ressaltar que o conteúdo é tão importante quanto. O importante é saber balancear o estilo com substância. Para isso, é importante contratar pessoas qualificadas para o serviço, garantindo um resultado que fará diferença para a sua marca. Aqui na Empresa-Júnior nossa área de audiovisual possui os conhecimentos técnicos e os equipamentos para produzir serviços de alta qualidade, tanto na forma quanto no conteúdo, independente do que queira produzir. Somos uma empresa com mais de 25 anos de história, composta por mentes jovens e inovadoras prontas para enfrentar qualquer desafio. Produzimos desde vídeos institucionais e branded content até cobertura de eventos, vídeo clipes ou simples edições e legendagens. Aqui, nós transformamos as suas ideias em imagens! 

Dica 4: Conteúdos mais rápidos e objetivos

Dentro do online, o tempo corre de forma diferente, e, consequentemente, tudo que é consumido dentro dele também. Cada vez mais busca-se produzir conteúdos com menor tempo de duração, pensando na urgência que o online passa em consumir a maior quantidade de coisas no menor tempo possível – e é exatamente por isso que o seu vídeo precisa se destacar dos demais. Plataformas como o Reels e o Tiktok são pensados para conteúdos de até no máximo 1 minuto e, por isso, é preciso saber ser objetivo e condensar as informações em questão de engajamento, portanto, é importante pensar em como usar o Reels para empresas ou marcas. Produzir vídeos mais descontraídos, mas sem perder a postura profissional, sendo objetivo, sem exagerar na quantidade de informações, podem ser boas dicas de como se adequar a esse formato de 1 minuto. É importante também começar seu vídeo com alguma informação que prenda o espectador, pensando que, ao serem compartilhados nos Stories, os outros usuários verão apenas os primeiros 15 segundos. Por isso, é preciso elencar as informações por ordem de importância, para que se possa captar mais pessoas, mas sem fazer com que elas percam interesse. 

Dica 5: Não foque em apenas uma plataforma

Apesar do Instagram ser uma ferramenta poderosa para o videomarketing, ele não é a única que pode ajudar o seu negócio. Como já mencionado acima, tudo depende da mensagem que você quer passar. Pensando nisso, muitas vezes não faz sentido adaptar seu vídeo para até um minuto ou para a vertical, como exige o Instagram. Produzir vídeos maiores para o Youtube, Vimeo etc, também são uma boa forma de atingir seu público de uma forma diferente – e muitas vezes até uma maneira de expandir a sua audiência. Na verdade, o ideal é não se limitar apenas a uma plataforma. Adeque seu conteúdo para os diferentes formatos, podendo assim atingir mais pessoas. Além disso, o engajamento em uma plataforma pode, consequentemente, ajudar o engajamento em outras, pensando que esse público pode migrar entre as mesmas. 

Por fim, diante do cenário atual, muito potencializado durante a pandemia, o videomarketing se tornou a estratégia ideal para divulgar o seu negócio. Seguindo as 5 dicas acima, você se prepara para contratar o melhor serviço para produzir os seus vídeos e alavancar o seu negócio. Aqui na Empresa Júnior PUC-Rio, temos uma equipe de consultores preparados para produzir conteúdos audiovisuais que vão fazer a diferença para a sua marca. Marque uma reunião de diagnóstico gratuito com a gente!

× Agende um diagnóstico