Marketing no metaverso: Como as marcas tem reforçado seu posicionamento no metaverso

Ouvimos muito falar sobre o metaverso no último ano. Esse termo, “metaverso”, se refere a ideia de um ambiente virtual que vai simular a realidade por meio de dispositivos que utilizamos em nosso dia a dia, como computadores e celulares. O principal objetivo dele é unir o mundo real ao mundo virtual, proporcionando experiências realistas nessa “realidade aumentada”.

O marketing, sendo a principal ferramenta de conexão entre uma empresa e seus produtos e serviços ao público alvo, deve estar em constante adaptação, buscando sempre estar onde seu consumidor está. Desta forma, o marketing no metaverso, não é diferente e busca se adaptar à nova realidade digital.

Como funciona o marketing no metaverso?

Tendo em vista que o metaverso visa trazer realidade para o ambiente virtual, o marketing, que está sempre acompanhando tendências comportamentais, encontrou algumas formas de adentrar nesse mundo. Seja por meio de ativações, experiências imersivas ou venda de NFT, diversas marcas já estão presentes no metaverso, revolucionando o que conhecemos por marketing digital e trazendo novas perspectivas de como empresas podem se posicionar.

Entre as diversas empresas que fizeram ativação de marca no metaverso, está a Gucci. Em 2022, a marca de luxo Italiana, adentrou no novo ambiente virtual e vendeu uma versão digital de uma de suas bolsas por meio do jogo Roblox, que é uma das opções de canais que permitem a experiência do metaverso atualmente. 

A bolsa vendida pela Gucci no metaverso, custou ainda mais caro do que seu valor físico e foi vendida como um NFT. NFT significa “token não fundível”. Esse token é um “símbolo eletrônico” criado em uma plataforma de blockchain. A partir do blockchain, determinado item é considerado único e pertencente a uma única pessoa compradora desse bem. Isso faz com que esse token seja muito valorizado, pois é único no mundo inteiro.

A aposta da Gucci deu tão certo que já fizeram novas ativações, venderam outros produtos e também lançaram uma experiência de loja virtual, aumentando seu posicionamento no metaverso. 

Loja da gucci e ativação de marketing no metaverso

O investimento no metaverso não está restrita apenas a empresas no exterior, aqui no brasil, também temos grandes empresas que estão presentes no metaverso. Um exemplo disso, é a Lu do Magalu, influenciadora digital do Magazine Luiza. Entretanto, ela não é como as outras influenciadoras e é um avatar criado pela empresa antes mesmo do metaverso entrar na boca do povo. 

“Lu do Magalu”, como é conhecida, está em todas as campanhas publicitárias da empresa. Além disso, sua presença digital foi tão reconhecida, que a influenciadora ganhou até redes sociais próprias. A Lu do Magalu teve sua estreia no metaverso no ano passado, quando conversou com o Canaltech, dentro do Horizon Workrooms, metaverso da Meta. Essa estratégia do MagaLu reforça o posicionamento da marca no metaverso e  aproxima ainda mais a empresa do cliente. 

Porque as marcas estão migrando para o metaverso?

Atualmente, o mundo corporativo está cada vez mais digitalizado, o que torna as empresas que não estão presentes no ambiente digital, muito atrasadas. Por essa razão, estar inserido no mundo digital deixou de ser uma vantagem, e se tornou uma obrigação. A maioria das empresas atuais está em busca de melhorar seu posicionamento no mundo tecnológico, seja através de sites, redes sociais ou o metaverso.

Acerca disso, pode-se afirmar que estar presente no metaverso aumenta a comunicação e o posicionamento de uma marca no mercado, principalmente quando a proposta é criativa. É evidente que essa temática chama a atenção do público, e quanto mais criatividade houver na campanha digital, mais atenção terá, o que consequentemente irá atrair mais clientes. Portanto, ter um bom posicionamento no metaverso é uma excelente estratégia de marketing para atrair mais consumidores.

A Renner, por exemplo, possui uma parceria com o Fortnite e, para atrair mais clientes, inaugurou uma loja virtual dentro do jogo. Entretanto, só inserir a loja no jogo não era criativo o suficiente para garantir a interação do público. Dessa forma, para promover o engajamento, a marca realizou uma enquete interativa onde os participantes poderiam votar na estampa das roupas que seriam vendidas nas lojas oficiais.

Loja da Renner no Roblox reforçando seu posicionamento no metaverso

Uma vez que a sociedade está cada dia mais imersa online e também consumindo mais a partir de ações de marketing digital, ao adentrar no metaverso, a empresa ganha mais visibilidade, se destacando perante os concorrentes e aumentando suas vendas durante aquele período.

Como adentrar no metaverso?

Sem dúvidas, adentrar no metaverso, ainda não é para qualquer empresa. Para estar nesse universo virtual é preciso muito estudo pois o investimento é alto e o público ainda muito seleto.

Separamos três principais tópicos que uma empresa precisa ter em vista ao se posicionar nesse meio:

  1. Identificar sua comunidade: É de extrema importância que a empresa estude seu público alvo. Conhecendo seus dados demográficos e psicográficos, é possível entender como se comportam e se seu perfil pode ser impactado por ativações de marca no metaverso.
  1. Estude as tecnologias: Atualmente, temos diversas plataformas disponíveis e o metaverso presente em mais lugares que podemos imaginar. Estudar as possibilidades de ativações e tecnologias disponíveis no mercado, vai permitir que a estratégia seja bem mais assertiva.
  1. Criatividade: Para entrar no metaverso é importante um olhar inovador, sempre visualizando tendências futuras. Em um momento onde as pessoas tendem a “fazer tudo igual”, se destaca quem busca pelo novo, pelo diferente e inovador. 

Quais as vantagens de estar no metaverso?

O Marketing é imprescindível para todo empreendimento, uma vez que ele é responsável pela prospecção dos clientes de uma empresa. A partir disso, pode-se afirmar que ter um bom posicionamento e boas estratégias de comunicação impactam diretamente nas vendas de um serviço ou produto. Para atingir cada vez mais pessoas e potencializar as vendas, é preciso reforçar o seu posicionamento, através de ideias inovadoras que se comuniquem de forma criativa com o público.

Dessa forma, estar no metaverso reforça o posicionamento de uma marca, ao passo que tem mais espaço para criar inovações do que no mundo real, ou seja, é uma forma mais criativa de atingir os leads. Além disso, o metaverso está mais próximo da realidade do que redes sociais comum, permitindo que o cliente esteja gradativamente mais próximo da sua marca. 

Ademais, a valorização do NFT permitiu com que os usuários  se interessassem ainda mais em investir no digital. Uma vez que o NFT é um produto único, após comprado, ele tende a valorizar ainda mais, assim como uma moeda digital,  dessa forma, valorizando e sendo um investimento para o comprador. 

Para iniciar seu posicionamento no metaverso, a influenciadora digital Jordana Maia criou seu avatar no ambiente digital com intuito de reforçar sua identidade e conexão com o público. O avatar da Jordana foi nomeado como “Jords”. 

Hoje em dia, sabemos que pessoas também são marcas e Jornada soube usar o metaverso muito bem para gerar maior conexão com seu público e chamar atenção de seus patrocinadores, uma vez que é muito conhecida por se conectar com a geração Z e estar sempre ligadas às tendências do momento, com um estilo também muito futurista.

Jordana maia reforçando seu posicionamento no metaverso

Além de Jornada, Sabrina Sato e Bianca Andrade também já estão se posicionando no meta-verso.

Infográfico sobre quais as vantagens de fazer marketing no metaverso

Às vezes parece difícil saber se sua empresa se encaixa no metaverso ou como fazer para adentrar no meio digital. Mas não se preocupe pois podemos te ajudar…

Aqui na Empresa Júnior, nós oferecemos o serviço de Plano de Marketing, que tem como objetivo estudar a empresa e seu público alvo a fim de reforçar seu posicionamento no mercado, além de traçar estratégias de comunicação assertivas. 

Acesse nosso site e marque um diagnóstico gratuito conosco!

Autoras: Leticia Juliana e Julia Luz.

Veja Mais

Categorias

Entre em contato conosco se você tiver alguma dúvida