Design além da Maçã: Explorando a Estética e Inovação por Trás dos Produtos da Apple

Você já se perguntou por que a logo da Apple é representada por uma maçã mordida? Muitas teorias foram criadas a partir dessa pergunta, mas na realidade a resposta é bem simples! 

O designer gráfico americano Rob Janoff foi quem desenvolveu a logo e decidiu colocar a maçã faltando um pedaço por uma questão de proporções de escala. Dessa forma, independentemente do tamanho que a logo fosse ser impressa não daria para confundi-la com uma cereja, fazendo com que o reconhecimento da marca através do design fosse mantido.  

A exclusividade no design da marca é com certeza um dos diferenciais que faz a Apple ser a maior empresa de tecnologia do mundo. Diante disso, vamos apresentar o design como um diferencial competitivo, reiterando sua importância para o sucesso de um empreendimento. 

Desde a sua criação em Abril de 1976, a Apple é pautada por design. Seja pelo apreço por fontes que se assemelhavam à caligrafia, deixando de lado as fontes presentes nos computadores antigos que prejudicam a estética do produto, ou então pelos tons e cores diferentes presentes em cada aparelho da marca. Além disso, os valores da marca estão diretamente relacionados ao design do produto. 

A empresa deseja que seus usuários tenham um dispositivo que consiga unir conceitos, ideias e tecnologias inovadoras com o objetivo final de facilitar e aprimorar a vida do usuário. Esse desejo é a mais pura definição do que é design, incorporando funcionalidade, elegância e praticidade.

A evolução do design dos produtos Apple ao longo dos anos

Desde o lançamento do primeiro iMac em 1998, a empresa tem sido líder em design de produto, e muito dessa excelência pode ser atribuída a três figuras proeminentes: Jony Ive, Steve Jobs, Rob Janoff  e Hartmut Esslinger. Essas três figuras foram essenciais para definir a identidade visual e design dos dispositivos, cada um contribuindo com sua própria visão e expertise para criar dispositivos que não fossem apenas bonitos, mas também reconhecidos por seu minimalismo funcional.

A influência de Jony Ive, Steve Jobs, Rob Janoff e Hartmut Esslinger pode ser observada em cada detalhe dos produtos da Apple, refletindo um compromisso inabalável com a excelência e a inovação no design. Desde os primeiros computadores Macintosh até os mais recentes iPhones e iPads, a estética elegante, a simplicidade intuitiva e a atenção aos detalhes são elementos distintivos que permeiam toda a linha de produtos da empresa. A visão de design desses visionários revolucionou a indústria de tecnologia e estabeleceu um padrão de excelência que continua a inspirar e influenciar designers e empresas em todo o mundo.

Apple

O iMac original tinha uma aparência de gota ou ovo, com um monitor CRT,envolto pela icônica caixa de plástico translúcida e colorida, que desafiava a estética tradicional dos computadores da época com cores como azul, verde e laranja. Esse design marcante destacou-se pela simplicidade, eliminando a necessidade de botões visíveis.

Ao longo dos anos, a empresa evoluiu para designs mais minimalistas e sofisticados, seguindo o estilo de design de Jony Ive. O iPod Classic, por exemplo, lançado em 2001, adotou um formato retangular e uma interface de controle simples. 

Assim, os botões físicos foram substituídos por um botão de clique central com uma roda de rolagem mecânica e quatro botões de navegação ao longo de sua circunferência. Destacando-se pela sua cor branca e acabamento em alumínio,  o  dispositivo era mais fino, limpo e intuitivo que qualquer outro concorrente no mercado.  

Ipod Classic de primeira geração. Em 2014, a linha Ipod Classic foi descontinuada.

O iPhone de primeira geração, lançado em 2007, continuou essa tendência, introduzindo uma tela sensível ao toque e eliminando quase todos os botões físicos, com seu design elegante de vidro e alumínio. Embora não tenha sido o primeiro smartphone do mercado, o iPhone original capturou a imaginação do público sobre o que um telefone celular poderia ser. Seu design simples e objetivo revolucionou a experiência do usuário na indústria telefônica.

O MacBook Pro, lançado em 2006, por sua vez, é fabricado a partir de uma única peça de alumínio, um avanço de engenharia que substituiu muitas peças por apenas uma. É chamado de monobloco ou “unibody”, proporcionando uma estrutura sólida e elegante, com uma paleta de cores mais discreta, proporcionando uma estrutura sólida e elegante, com uma paleta de cores mais discreta.

Essa abordagem foi refinada ainda mais com o Macbook Air em 2008, promovido como o notebook mais fino do mundo, abrindo uma categoria de laptop conhecida como ultrabook. Com seu design fino, chamou a atenção por não incluir unidade de disco óptico e ter menos portas do que os laptops da época.

A frase icônica de Steve Jobs para sua equipe de criação, “Uma bicicleta para a mente”, resume a visão da empresa sobre design: criar produtos que se integrem perfeitamente ao estilo de vida dos usuários, oferecendo uma experiência simples e intuitiva. Essa filosofia continua a orientar o design dos produtos da marca até hoje, garantindo que cada dispositivo seja mais do que apenas uma ferramenta, mas uma extensão natural do usuário, trazendo o design como diferencial competitivo da Apple.

Momentos em que a Apple fez alterações em seus produtos e revolucionou o cenário de Design de Produto

  • Celulares com a tela touchscreen 

O primeiro Iphone lançado em 2007 já chegou ao mercado com uma estética super inovadora: A ausência de teclados. 

Antes do Iphone, os celulares possuíam teclados físicos onde cada tecla representava uma letra, o que causava certo desconforto na hora de digitar devido ao seu tamanho. Através de seu design inovador, os Iphones dispensavam teclados físicos trazendo à tona a tecnologia da tela touchscreen que mais tarde serviu de inspiração e padrão para os celulares atuais. 

  • Criação da tecnologia Touch ID para desbloqueio de dispositivos

A tecnologia Touch ID, lançada em 2013, revolucionou o mercado de design de produtos, influenciando os concorrentes em várias frentes. Sua integração elegante e eficiente nos dispositivos móveis estabeleceu novos padrões para a experiência do usuário, incentivando a inovação em biometria e segurança. 

Além disso, a ênfase da Apple na proteção da privacidade dos usuários elevou as expectativas dos consumidores em relação à segurança e conveniência dos dispositivos eletrônicos, moldando as estratégias de seus concorrentes para acompanhar as demandas do mercado.

  • Uma única entrada 

Em 2016, o Iphone deixou de ter duas entradas para ter apenas uma. Desde então, tanto o carregador quanto o fone de ouvido compartilham a mesma entrada. Na época, os usuários não ficaram nada contentes com a ideia,  porém essa mudança causou uma grande inovação: Os fones de bluetooth. A mudança do design no aparelho incentivou que os usuários comprassem os famosos Airpods, aumentando o lucro da marca e a tecnologia dos aparelhos. 

  • Criação da linha SE

A criação da linha SE em 2016 popularizou o acesso à qualidade da marca. Ao introduzir dispositivos mais acessíveis com especificações de hardware semelhantes aos modelos premium lançados anteriormente, a linha SE atraiu um público mais amplo.

Isso influenciou o mercado ao estabelecer uma tendência para dispositivos compactos e de alto desempenho a preços mais acessíveis, incentivando outros fabricantes a reconsiderar suas estratégias de design e preços para atender às necessidades de um mercado mais diversificado e competitivo. 

Além disso, a abordagem da marca de oferecer atualizações regulares de software e suporte prolongado para os modelos SE ajudou a aumentar a confiança dos consumidores e a promover a ideia de Design futurista e visão de longo prazo da Apple.

Novidades Inovadoras da Apple em 2024

Os anos de 2024 e 2025 prometem muitas novidades! Desde novos modelos de macbook até novas linhas de iphones. Como já sabemos, a inovação é um dos pilares da empresa e ela está  sempre se reinventando no mercado através de sua exclusividade no seu design. 

Uma das grandes novidades é o aprimoramento do MacBook Air com um chip M3 que promete processar informações de maneira muito mais raṕida ao ser comparada com o antigo chip M2 presente nas linhas anteriores. Além disso, o minimalismo funcional da marca permitiu a criação da nova linha SE da quarta geração. 

O novo Iphone vai contar com mudanças visuais que mostram a exclusividade de seu design. A tela vai ser no modelo OLED que permite um contraste mais realista, cores mais vívidas e um brilho maior proporcionando o melhor do design de produto. 

Viu como o Product Design é um fator importante no diferencial e no posicionamento de uma marca? Não é à toa que a Apple é uma referência desde seu ingresso no mercado de eletrônicos até os dias de hoje!  O design futurista e a visão ao longo prazo da marca garantem o grande sucesso da empresa, consistindo em seu grande diferencial.

Ao longo desse blog foi possível perceber as ferramentas que o design proporciona para o sucesso de uma marca e sua permanência no mercado. Afinal, o design é visto como um grande diferencial competitivo da Apple. Não é à toa que ela é a maior empresa do mundo! 

Se interessou pelo blog? Aqui na Empresa Júnior temos um time de consultores de Design capacitados para te auxiliar a alavancar de vez o seu empreendimento com estratégias e soluções inovadoras, inclusive na identidade visual de sua marca. Para maiores informações clique aqui 

Autores: Jordana Fecher e Mariana Vermeulen

Veja Mais

Categorias

Entre em contato conosco se você tiver alguma dúvida