Métricas são medidas quantificáveis usadas para analisar o resultado de um processo, ação ou estratégia específica. De maneira geral, são parâmetros de desempenho. Ter acesso a esses dados, transformá-los em informação e, por fim, ter conhecimento suficiente para tomar decisões, é imprescindível para se ter sucesso em uma estratégia de marketing. Mas por que é importante analisar as métricas das redes sociais?

As métricas do Instagram, por exemplo, expõem como está a evolução do engajamento do perfil analisado. Criar conteúdo nas redes sociais atualmente é um ofício que cresce todos os dias. Principalmente no período da pandemia, a vida virtual é, muitas vezes, mais presente na rotina das pessoas do que na vida real e nas empresas esse efeito não foi diferente. Criar estratégias de marketing nesse momento sem uma base de estruturação no digital é quase impensável. O perfil de uma marca nas redes sociais se tornou sua maior vitrine. O momento de isolamento social fez com que muitas marcas precisassem migrar imediatamente para as redes sociais devido à grande adesão do público ao ambiente digital. Porém, essa transição não é tão simples quanto parece. É necessário tempo e investimento para se capacitar e sustentar um perfil engajado e com grande potencial de vendas diariamente.

Porém, apenas criar uma quantidade muito grande de conteúdos e não analisar como eles estão sendo recebidos pelos seguidores da marca é muito arriscado, pois faz com que o perfil não entenda quais são os desejos e as necessidades do público para quem ele fala. Ao analisar a métrica de “respostas” e “cometários”, por exemplo, pode-se entender que tipo de conteúdo mais faz com que os usuários interajam e demonstrem interesse. Analisar a métrica de “compartilhamento” é importante porque pode-se mensurar o quanto a publicação foi considerada relevante/educativa/informativa o suficiente para ser compartilhada com outro usuário. Os posts devem ser analisados detalhadamente, observando com atenção os resultados de cada ferramenta. 

No Instagram, a função “Curtir”, por exemplo, já foi muito valorizada pelos usuários, mas hoje especialistas em marketing digital afirmam que não é a mais importante. Atualmente, a métrica de maior peso no Instagram é a opção “salvar” e “compartilhar”. De acordo com uma pesquisa feita recentemente pela companhia Statista, o Brasil é o terceiro país do mundo com mais usuários ativos no Instagram em 2021. Hoje, a relevância da plataforma supera os limites da interação social e se tornou um dos maiores canais de vendas da atualidade.

O Instagram já possui ferramentas que criam esse relatório sobre algumas das métricas que são mais importantes, ajudando o usuário, marca ou empresa. Esse conjunto de informações está disponibilizado para conta business e traz mais de vinte métricas como o número de seguidores e, interações executadas, visitas ao perfil, clique no site, alcance geral, impressões e outras atividades.

Na Empresa Júnior, analisamos as nossas métricas da produção de conteúdo do Instagram a partir de uma planilha planejada. Contamos com datas para as postagens, tempo de análise, tipo de post e conteúdo, além de outros dados que o Instagram nos fornece para calcularmos a taxa de engajamento e entendermos o que vem funcionando melhor para o perfil da empresa. Após uma semana, preenchemos a planilha de métricas e seguimos acompanhando os números mensalmente e analisando o crescimento da publicação.

O Instagram é nossa principal plataforma de análise e engajamento, não apenas para a Empresa Júnior, mas para grande parte das empresas do mundo. Além de acompanharmos os posts e stories, subimos também todos os dados das postagens no Facebook e Linkedin, para multiplicar as visualizações do conteúdo para públicos diferentes.

  • Melissa Nasser e Rafaella Montuori
× Agende um diagnóstico